quarta-feira, janeiro 09, 2008

A provocaçom dos cachorros fachas catalans em Cuba

Recentemente tivemos notícia da detençom em Cuba de umha delegaçom de jovens de CiU em La Habana. Parece ser que este pessoal viajou à ilha caribenha para apoiar a um conhecido grupo de delinqüentes ligados ao escritório de interesses norte-americanos em Cuba. As "Damas de Blanco", fam-se chamar. Há pouco também tivéramos ocasiom de conhecer que há por trás do por alguns tam admirado movimento estudantil anti-chavista. A verdade é que resulta interessantíssimo ter oportunidade, graças à informaçom que alguns amigos nos proporcionam, de saber com um bocadinho mais de certeza quem é quem, tanto na Venezuela, como em Cuba.

Neste post, oferecemos imagens da concentraçom que em Barcelona se celebrou, diante da sede de CiU, para protestar contra o acto de provocaçom contra a revoluçom cubana que supuxo a acçom dos jovens desta organizaçom direitista catalana em La Habana. Também oferecemos um fragmento do programa que a associaçom Euskadi-Cuba fai desde Radio Tas-Tas.

cubainformacion.tv



cubainformacion.tv

5 Comments:

At 11:26 PM, Blogger paideleo said...

Graciñas pola visita.

 
At 3:05 PM, Blogger Nébeda said...

fachas cataláns, si señor. non hai outra palabra.


boano!

 
At 1:09 PM, Blogger Claudia said...

gracias por el comentario y la visita. un saludo!

 
At 1:02 PM, Anonymous freakofnature said...

Eu non entendo moi ben a fascinación de certa esquerda pola figura de Fidel Castro e pola Revolución cubana. Francamente, a estas alturas, co comunismo derrotado, e coa que está a caer en Cuba, pensar que do ideal inicial da Revolución cubana queda algo, é un pouco inxenuo.

Non creo no comunismo, non creo en ningunha ideoloxía que che venda paraisos mediante aventuras revolucionario-totalitarias. Nin dictadura do proletariado, nin nada; dictadura a secas é o que hai en Cuba, e no nome dunha utopia que condena á miseria e á opresión a millóns de persoas.

 
At 3:01 PM, Blogger tangaranho said...

Para ter umha ideia clara do que aconteceu no incidente referido, penso que seria bom ver os vídeos que incrustei aquí. Umha cousa é o que se conta a este lado do Atlântico sobre esta questom, e outra o que de verdade há. As "Damas de Blanco" nom som o que parecem, igual que nom som o que parecem alguns elementos do exílio de Miami.

A Revoluçom cubana mantem o seu ideal e as suas essências. A luita da Revoluçom cubana pola dignidade humana segue em pé, e continua todos os dias. Com bloqueio, com terrorismo e com a ameaça do vizinho ianque acima, a Revoluçom cubana segue oferecendo a todas as pessoas que moram no país caribenho sanidade, educaçom, alimentaçom, habitaçom...e ninguém pode dizer que em Cuba lhe falte isso, porque nom se lhe nega a ninguém.

Algum dia falaremos da democracia socialista em Cuba, e desmontaremos também algum mito que anda muito extendido por aí.

O comunismo, é a única esperança de um mundo justo.

 

Postar um comentário

<< Home