quinta-feira, maio 22, 2008

Bob Dylan dá que falar na Corunha


Nom sei se algum dia alguém dará calado a chúvia, o que nom cessa é a chuvieira de réplicas, contra-réplicas e reacçons a conta de umhas declaraçons de Carlos González-Garcés e sobretudo de Henrique Tello sobre Bob Dylan. Parece ser que o astro do country-rock puido ser contratado no seu dia para as festas da Corunha e o Concelho descartou contar com ele, nom se sabe muito bem se porque nom era do agrado pessoal do concelheiro do ramo, González-Garcés, ou porque pedia uns honorários demasiado altos.

Enfim, eu penso que a política cultural de um concelho nom a midem as festas, ainda que sim que penso que podem ser em certa medida um pequeno espelho do conceito de cultura que tenhem os que mandam na casa consistorial. Em qualquer caso, penso que se vanaliza de maneira intencionada, por parte dos meios de comunicaçom esta questom, nom indo ao fundo do problema que é o de sempre. Que nom muda o estilo de fazer política no Paço de Maria Pita. E elude-se a responsabilidade política. Henrique Tello puido ter dito umha verdadeira parvada, puido ser um idiota ou simplesmente um inoportuno. Mas é González Garcés o responsável deste tipo de decisons, a de descartar a Dylan e a de incluir no programa outras atracçons de discutível qualidade.

E o problema nom é Dylan ou nom Dylan, insisto. O problema é a maneira despótica de governar, sempre sob o critério dos gostos ou o capricho pessoal.

4 Comments:

At 12:04 AM, Blogger Mario said...

De todos xeitos a forma de xustificalo deixa ben ás claras o nivel cultural e persoal do suxeito en cuestión.

 
At 7:44 PM, Blogger Suso Lista said...

Se cadra Paco traería a Norma Duval.

 
At 11:48 AM, Blogger O Raposo said...

Nin Bob Dylan nin Norma Duval, a quen hai que contratar é a Cañita Brava que é da terra, que carallo!

 
At 10:05 AM, Blogger tangaranho said...

Bom, tenho que fazer umha aclaraçom, e é que errei, porque Cultura está em maos do BNG, o que acontece é que segue a haver umha concelhalia de festas, e essa por suposto nom a solta o PSOE nem de troça, porque é a que de verdade tem teta.

Em qualquer caso eu penso que se sobredimensiona o que dixo Tello e esquece-se intencionadamente o que dixo E FIXO Garcés.

 

Postar um comentário

<< Home