domingo, novembro 19, 2006

Nova acçom antifascista em Ferrol

Ferrol: "Cruz dos Caídos" pintada de cor de rosa

Membros de NÓS-Unidade Popular tentárom tombar umha grande "Cruz dos Caídos" em Ferrol. Finalmente, problemas técnicos impedírom que caísse, mas ficou totalmente coberta de tinta cor-de-rosa, identificadora do antifascismo galego. A acçom decorreu ao meio-dia de hoje na ferrolana praça de Amboaje, onde desde tempos do franquismo permanece em pé umha cruz em pedra, de grandes dimensons, em homenagem aos fascistas mortos durante a guerra provocada polo golpismo franquista em 1936.

A acçom decorreu ao meio-dia de hoje na praça de Amboaje de Ferrol, onde desde tempos do franquismo permanece em pé umha cruz em pedra, de grandes dimensons, em homenagem aos fascistas mortos durante a guerra provocada polo golpismo franquista em 1936.A intençom das várias dúzias de integrantes da nossa organizaçom era derrubar a cruz, com ajuda de umha corda, mas finalmente nom foi possível. Daí que se optasse por pintá-la totalmente de cor de rosa e pendurar umha faixa com a legenda "Simbologia fascista fora da Galiza".As polícias espanhola e municipal ferrolana chegárom ao local quando a acçom simbólica já concluíra. Umha acçom que foi observada por numeroso público, sem que finalmente se produzisse nengumha actuaçom repressiva.A iniciativa fai parte da nossa campanha contra a permanência de símbolos que exaltam o fascismo em prédios oficiais e espaços públicos do nosso país, e acontece um ano depois de que membros da nossa organizaçom pintassem também de cor de rosa a fachada da casa natal do ditador espanhol, na mesma cidade de Ferrol.Se bem desta vez nom foi possível que a cruz fascista acabasse por cair, e em vista da passividade mostrada polas instituiçons públicas na eliminaçom desses símbolos, nom descartamos que numha nova ocasiom poda vir a culminar-se essa acçom de higiene, justiça e dignidade democrática.
Informaçom apanhada de www.nosgaliza.org

7 Comments:

At 9:37 AM, Anonymous Anônimo said...

José Antonio Primo de Rivera....¡Presente!

 
At 3:04 PM, Blogger A Raíña Vermella said...

É incrible que en Coruña aínda exista unha plaza Millán Astray, e que o hopital leve o nome de Juan Canalejo, só por poñer os dous exemplos que me parecen máis flagrantes. Imaxinémonos que en Alemaña houbera unha plaza Rudolph Hess ou un hospital Mengele, e que non se lles cambiara o nome porque "forma parte da Historia".

 
At 6:29 PM, Blogger tangaranho said...

Suponho que a chave está em que os nazis perderom a guerra, e os fachas espanhois ganharom-na e ainda depois da morte do anano, chulearom a transiçom.

 
At 6:33 PM, Anonymous moucho_branco said...

pois eu opino que a cor de rosa déixa moito mais monos os monumentos aos monos, ;D...

onde está presente Primo de Rivera?, hehehe, afortunadamente só está presente coma un pestilente saco de osos... e perdón polo gráfico do asunto.

 
At 7:36 PM, Blogger A Raíña Vermella said...

"Chulear a transición" é a mellor definición posible do que ocorreu.

 
At 12:12 AM, Blogger Mario said...

O mau do asunto é que nesa cidade non van dar abasto, temos para anos e anos de noticias así.
Oes, e non haberá fotos do asunto por aí?

 
At 6:52 PM, Blogger tangaranho said...

fotos em www.nosgaliza.org

 

Postar um comentário

<< Home