terça-feira, julho 15, 2008

A contra-relógio, para salvar a vida da sua amiga


Hoje assaltou-me, entre as páginas da imprensa diária, esta singular história. Este homem pede dinheiro na Rua Real da Corunha...nom para comer, nem para pagar umhas copas, mas para algo muito mais noble. O certo é que pensar no mais que provável final da sua cadela resulta angustioso. Eu desconheço qual é o estado do animal, mas as autoridades municipais teriam que ponderar bem se o pobre bicho realmente é umha ameaça para a saúde pública ou nom. Que seja a acompanhante de umha pessoa que mora na rua, nom significa necessariamente que se cumpra o antedito extremo. Também se deveria olhar se o dono tem recursos ou nom. Em qualquer caso, fazemo-nos eco da petiçom de ajuda desta pessoa.

1 Comments:

At 11:09 PM, Blogger O Raposo said...

Oxalá a historia remate ben.

 

Postar um comentário

<< Home